Tumblelog by Soup.io
Newer posts are loading.
You are at the newest post.
Click here to check if anything new just came in.
manuelaz139232

O Que São As Setinhas Para Cima E Para Nanico Nos Comentários Do Facebook?

Depois de Sucesso Nas Mídias sociais, CBF Lança “Canarinho Pistola” Em Pelúcia


O especialista em marketing político Gaudêncio Torquato reconhece que o tópico da briga eleitoral do segundo turno entre Dilma Rousseff e Aécio Neves se dará, essencialmente, no que ele apelidou de “Triângulo das Bermudas”. As primeiras pesquisas do 2º turno colocam Aécio à frente de Dilma. De imediato se podes trabalhar com esse quadro ou ainda é prematuro? Primeiro, o estímulo de Aécio é, evidentemente, ampliar tua votação no latifúndio de votos da Dilma, que é o Nordeste, onde ela teve 60% de sua votação.


A região concentra 26,5% do eleitorado brasileiro hoje. Ele precisa acrescentar a votação no Nordeste, que é muito pequena, inferior a 25%, especificamente no estado de Pernambuco — onde ele vai ter que ter o apoio da família Campos — e em alguns estados como Ceará e Bahia. Ele deve acrescentar essa votação e, evidentemente, conservar a votação dele no Sul/Sudeste.


  1. 6 - Desfrutar ao máximo as críticas dos compradores
  2. Você arrecadação Hollywood Mira Igrejas Para Trazer Jovens E Publicar Vídeos Nos Estados unidos do seu público a respeito da particularidade e regularidade de tuas publicações
  3. Dê aos leitores menores intervalos mentais
  4. Robson alegou: 30/07/12 ás 00:55
  5. Tenha um blog bem estruturado
  6. Editing Issues - Problemas ao Editar

Em São Paulo, os desafios são os mesmos? Em São Paulo, Aécio teve 44% dos votos — 4,cinco milhões de votos à frente da Dilma. Ele vai ser obrigado a aumentar, evidentemente, essa votação em São Paulo e no Nordeste. Em Minas Gerais, que é o estado dele, vai ter que receber a eleição — englobar, trabalhar e pontuar. São desafios para poder aparecer à frente.


Dilma tem problemas maiores em São Paulo? Dilma necessita, urgentemente, recuperar o terreno perdido. Historicamente, o PT a toda a hora teve entre 30% e 35% dos votos no estado, inclusive o Mercadante pela última eleição para governador. No Nordeste, é preciso garantir, e até acrescentar, a margem. Lá, isto é possível com o Bolsa Família.


Evidentemente, ela vai apelar ao chamado “voto do bolso”, representado pelo programa. Instagram De A A Z o bolso cheio, a barriga satisfeita e o coração agradecido, a cabeça vota. É a equação da Dilma. E qual seria a equação do Aécio? Ela é mais racional. O voto do Aécio é mais “de cabeça”, do Sul/Sudeste.


Este voto foi se consolidando no tempo. E a que o sr. atribui esse progresso do Aécio no final do primeiro turno? Próximos Passos De Anitta Fora Do Brasil: álbum Em Inglês, Parcerias E Mais Detalhes expansão se deu em atividade do exercício da explicação e à descoberta, por cota de um segmento forte da população eleitoral, de que o Aécio poderia — e não Marina — ser o fundado opositor ao petismo. Só Eu Vejo Sendo assim? deu nos últimos dias, e eu a todo o momento trabalhei, também, com a probabilidade da multidão silenciosa, que chega a enrustir o voto e é capaz de mudar até a última hora.


Houve uma transformação de voto pro Aécio na última hora. Tanto que os institutos de procura erraram em 9 estados. Os resultados apontados nesses locais não correspondem aos aferidos pelas pesquisas, inclusive as de boca de urna, por conta desta multidão silenciosa. Houve uma extraordinária alavancagem de Aécio nos últimos dias, assim como em função das mídias sociais.



Ele trabalhou super bem essa possibilidade, como o PT assim como fez. Entretanto o voto no Aécio é um voto que mobilizou o meio da pirâmide social, que tem mais acesso às redes do que o pessoal das margens. Quais são as probabilidades de Dilma e Aécio? Se a “onda da razão” se alargar, o Aécio expõe fortes condições para vencer a briga. Prontamente Dilma deve se ancorar no Bolsa Família, no Minha Casa, Minha vida e outros programas sociais.


Especificamente, nos bolsões das margens do povo, onde o “voto de bolso” é bem mais forte. Esse é um voto de reconhecimento e agradecimento. Em São Paulo, especificamente, ela terá que deslocar-se com o Lula para tentar resgatar os bolsões que o PT perdeu no estado a partir das margens. Cadê o eleitorado do PT fincado na Zona Leste, na Zona Sul? Este sentimento é muito potente em São Paulo em atividade da polarização que nesse lugar se estabeleceu, imediatamente há muito tempo, desde a data do Covas.


O sonho do Lula, até hoje, é ocupar o estado. Essa onda chegou a um ponto de o PT ter, em São Paulo, uma rejeição de 40%, mais do que em qualquer outro estado do país, por conta da potente classe média que há no estado. São Paulo tem as maiores densidades eleitorais do país, os maiores ajuntamentos de profissionais liberais, os maiores contingentes de trabalhadores terceirizados.


Tags: leia o que ele disse:

Don't be the product, buy the product!

Schweinderl